About ANBC
Receba nossa Newsletter Nome Email

Consumo consciente

O consumidor não pode gastar mais do que ganha. Deve saber com precisão seus gastos e sua renda para que mantenha suas finanças saudáveis ou em ordem. O birô de crédito auxilia o consumidor nesse trabalho ao disponibilizar sua pontuação de crédito.

Popularização do escore

O conceito de escore ou pontuação de crédito ganhou força a partir da década de 80. Até então, a decisão sobre a concessão e as condições de crédito dependia apenas do julgamento humano, com base no chamado "nome na praça". Ou seja, os credores usavam sua experiência na observação do retrospecto de comportamento dos consumidores ao tomar crédito, para avaliar novos consumidores. Além de sujeito a falhas, este era um processo lento, impensável nos dias atuais, quando são processadas incontáveis solicitações de crédito por dia.

O aparecimento do escore tornou essa decisão mais rápida, confiável e justa. Isso porque o escore se baseia em inúmeras variáveis e dados estatísticos, envolvendo a análise de fatores relacionados ao histórico de comportamento de crédito do consumidor, como pagamento de contas em dia, dívidas negativadas, relacionamento financeiro com empresas e dados cadastrais atualizados. O escore vai de zero a 1000 pontos, e quanto mais alta a pontuação, mais poder tem o consumidor de negociar facilidades e selecionar os credores.

Os benefícios do escore

A pontuação traz clareza ao relacionamento entre quem oferece e quem pede crédito, já que ambos têm acesso às informações. Quem precisa de crédito pode usar uma boa pontuação como ferramenta para negociar melhores condições, como juros mais baixos ou prazos mais longos. E as organizações que trabalham com concessão de crédito, como bancos, financeiras, estabelecimentos comerciais, companhias telefônicas e prestadores de serviços diversos podem tomar decisões mais seguras e rápidas.

Em países como Alemanha, Estados Unidos, França e Itália o escore de crédito é amplamente utilizado e seus benefícios reconhecidos por todos os envolvidos. No Brasil, o uso do escore ainda é baixo, mas tende a ganhar impulso à medida em que passa a ser visto como um facilitador de concessões de crédito, com benefícios para todas as partes envolvidas. No primeiro semestre deste ano, os birôs de crédito passaram a fornecer a pontuação aos consumidores gratuitamente, de forma rápida, simples e prática nos seus sites. Ao mesmo tempo, ao se cadastrar, o consumidor consegue consultar se tem débitos vencidos em seu nome, identificar sua pontuação de crédito e, adicionalmente, ter uma ajuda extra para controlar sua vida financeira.

O que defendemos?

Cadastro Positivo para todos

Cadastro Positivo para todos

A aprovação do Cadastro Positivo para todos, com possibilidade de saída em caso de decisão do consumidor, permitirá redução da inadimplência e consequente queda da taxa de juros básica da economia.

Proteção de dados

Proteção de dados

O uso das informações cadastrais do consumidor é de interesse público e prevalece sobre o particular. Essa utilização deve ser responsável e protegida pela lei. O PL 5.276/16 estabelece o equilíbrio entre proteção à privacidade e acesso aos dados pelo mercado.

Educação financeira

Educação financeira

O consumidor deve ter consciência dos seus gastos e, tão importante quanto isso, saber que deve poupar mensalmente. Para que isso seja possível, precisa necessariamente dos conhecimentos essenciais para que faça uma boa gestão do seu dinheiro.

Cidadania financeira

Cidadania financeira

É positivo para a sociedade que as pessoas façam parte do sistema financeiro. O primeiro passo é abrir uma conta bancária. A partir dela, o cidadão tem acesso a diversos produtos e serviços financeiros que, se bem usados, contribuirão para seu progresso patrimonial.

Notificação do devedor de forma simples

Notificação do devedor de forma simples

O consumidor deve ser comunicado por meio de carta simples sobre atraso no pagamento. Esse processo permite que o devedor entre em contato com seu credor para negociar e quitar sua dívida atrasada sem ter que pagar taxa ou se submeter a processos burocráticos.

Regulamentação do mercado de birôs de crédito

Regulamentação do mercado de birôs de crédito

Somos favoráveis à regulamentação do mercado de birôs de crédito no Brasil para assegurar que as relações entre os envolvidos - birô, consumidor e instituição financeira - sejam sempre pautadas pela ética e transparência.

Consumo consciente

Consumo consciente

O consumidor não pode gastar mais do que ganha. Deve saber com precisão seus gastos e sua renda para que mantenha suas finanças saudáveis ou em ordem. O birô de crédito auxilia o consumidor nesse trabalho ao disponibilizar sua pontuação de crédito.

Crédito responsável

Crédito responsável

O birô de crédito faz a avaliação da capacidade de pagamento do consumidor e disponibiliza essas informações para o mercado. Por meio desses dados obtidos em fontes seguras e de credibilidade, o birô assegura a sustentabilidade do crédito no país.


Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home